O Que Você Perde Quando Pratica A Ascensão Dos Ishayas?

Ao ser feita essa pergunta, eu poderia pensar em muitas coisas que tenho perdido ao longo do caminho. Eu diria que a lista de coisas que estou perdendo à medida que Ascendo continua crescendo e crescerá para sempre.

 

Portanto, a resposta mais verdadeira seria concisa, direta e objetiva: “Tudo”. Isso pode soar como algo que ninguém desejaria, mas ao continuar lendo, você verá que isso é realmente uma coisa excelente e desejável. Deixe-me explicar…

O Apego É A Raiz Do Sofrimento

Na minha experiência, a maioria (se não todas) das nossas preocupações, problemas e limitações vêm de estarmos apegados a algo que acreditamos falsamente ser nosso. Algo que poderia ser perdido, danificado, desafiado ou destruído.

Antes de aprender a Ascensão, eu estava em constante estado de medo subjacente. Medo da minha segurança financeira, medo do que os outros pensavam de mim, medo de tomar decisões erradas etc. A lista parecia interminável.

Naquela época, tudo o que existia para mim era o mundo que me ensinaram ser a realidade. O mundo das coisas que você pode tocar, ver, medir e explicar. O mundo que é respaldado pela ciência e entendido pela mente como realidade.

O que você perde com a Ascensão 02

Não há nada de errado com isso, no entanto, sempre faltava algo na minha experiência. Algo que é imensurável pela ciência, algo que você não pode tocar ou ver - um reino de experiência que só pode ser alcançado através da rendição. Enfim, a rendição de tudo.

Hoje em dia, o ser humano médio só tem consciência do que é objetivo. O mundo das formas em que vivemos; pessoas, emoções, pensamentos, tudo o que vem e vai. Normalmente, nosso senso de realidade é definido e limitado ao mundo objetivo que está naturalmente em constante mudança - e nosso apego a ele.

A Sabedoria Antiga Aponta Para A Solução

Sempre fui fã de Jesus Cristo, que dizia: “seja pobre diante de Deus!”. Através da minha experiência de usar as técnicas da Ascensão, comecei a entender o que ele queria dizer e por que isso é tão importante. 

Há outra citação famosa dele, que compara a porta de entrada para o Reino de Deus com o buraco de uma agulha e afirma que você não pode levar nada com você. Eu amo isso. 

Minha interpretação do que Jesus disse é que a única maneira de entrar no Reino dos Céus é abrindo mão de tudo. Você não pode nem mesmo trazer uma crença com você, nenhum pensamento.

O que acontece se você deixar ir tudo o que é objetivo para você? Experimente! Você consegue; todos podem fazê-lo.

O que você perde com a Ascensão 03

Você É Aquilo Que Está Consciente

Na minha experiência, fica muito claro quem é o sujeito. O que você realmente é, é aquilo que está consciente. Quando você está consciente de algo, você claramente não pode ser aquilo do qual você está consciente, certo?

Portanto, este mundo físico, que inclui seu próprio corpo, circunstâncias, emoções, sentimentos e até pensamentos, tudo o que você pode perceber na verdade, não tem nada a ver com você e nem precisa te definir.

Isto é o que tem sido consistente na minha prática de Ascensão. A prática sempre me faz soltar meu apego àquilo que muda e a minha insistência em que isso seja a realidade. Ela continuamente me lança de volta a um claro reconhecimento do meu verdadeiro Ser, que não é um objeto neste mundo. Isso me faz soltar meu emaranhado com o que é objetivo, principalmente a mente, e me torna capaz de  descansar naquilo que não está emaranhado.

A Ascensão também me ajuda a abandonar meu falso senso de eu, meu falso senso de realidade e o que sempre resta é a verdade atemporal, ilimitada e absoluta do ser já livre que silenciosamente caminha para além de tudo.

Vivendo A Vida Com As Mãos Bem Abertas

Então, eu diria que perdi tudo através da minha prática da Ascensão. E isso é bom, porque já é uma verdade universal que, em última análise, nada me pertence.

Apegar-me a qualquer aspecto desta criação como sendo meu, me faz sofrer. Porque agarrar-se a algo, mesmo pequeno e sutil como um pensamento, encobre a experiência de Ser ilimitado e dá a impressão de que falta algo no ser.

Segurar esse algo (mesmo que seja apenas conhecimento sobre algo) aumenta e faz com que pareça mais completo. Mas na rendição total de tudo, você descobrirá que nada nunca faltou.

Quem você realmente é, é infinito, e mais do que completo, porque é um. Isto é o que a Ascensão faz por mim. Perco os muitos e redescubro o um.

O que você perde com a Ascensão 04
Rolar para cima